MOTA II SOLUÇÕES CERÂMICAS, S.A.


Designação do projeto | PROJETOS INDIVIDUAIS – Internacionalização: Diversificação de mercados e marketing Internacional da Mota II Soluções Cerâmicas, S.A.

Código do projeto | POCI-02-0752-FEDER-013983

Objetivo principal | Reforçar a competitividade das pequenas e médias empresas

Região de Intervenção | Centro

Entidade beneficiária | Mota II Soluções Cerâmicas, S.A.

 

Data   de aprovação | 2015-12-12

Data de início | 2015-10-01

Data de conclusão | 2018-03-31

Custo total elegível | €699.800,00

Apoio financeiro da União Europeia | €314.910,00

 

Objetivos, atividades e resultados esperados / atingidos

 A MOTA II SOLUÇÕES CERAMICAS, S.A., é uma empresa do distrito de Aveiro que começou a sua atividade em 1998, mas que pertence a um grupo de empresas (Grupo Mota), que conta já com mais de 60 anos de experiência. A empresa apresenta como missão fornecer Matérias-Primas, Compostos e Acompanhamento Técnico da mais alta qualidade ao mundo da cerâmica.

Num cenário de pré projeto, a empresa possui já alguma vertente exportadora, representando o mercado internacional cerca de 36% do seu Volume de Negócios Total.

Os objetivos estratégicos do projeto são:

  • Maior presença em mercados internacionais, com um reforço do serviço ao cliente naqueles nos que a empresa está presente;
  • Otimização dos processos: eficácia na exploração dos recursos naturais, eficiência na sua transformação e inovação constante na oferta ao cliente;
  • Aposta contínua no acompanhamento técnico às empresas clientes, da conceção do produto ao pós-venda.

As tipologias de ação previstas são as seguintes:

  • Conhecimento de mercados externos (Feiras/Exposições), através da participação em várias feiras internacionais;
  • Marketing internacional, nomeadamente através da realização de um Vídeo Promocional para feiras e de Serviços de produção catálogo (reportagem fotográfica, design, impressão);
  • Introdução de novo método de organização nas práticas comerciais ou nas relações externas, como é exemplo a implementação de um CRM.

Numa perspetiva de pós projeto e através da entrada em novos mercados, a Mota II prevê que o mercado internacional passe a representar cerca de 42% do seu Volume de Negócios Total


Designação do projeto | CASA: CERAMIC ALTERNATIVE STRONG ARTICLE

Código do projeto | 003490

Objetivo principal | 3 – Reforçar a competitividade das PME

Região de Intervenção | Centro

Entidade beneficiária | Vista Alegre Atlantis, SA (VAA); Mota II Soluções Cerâmicas, S.A. (MSC).

 

Data de aprovação | 2015-09-22

Data de início | 2016-01-01

Data de conclusão | 2018-07-01

Custo total elegível | 1.321.431,91 €

Apoio financeiro da União Europeia | 774.905,83 €

 

Objetivos, atividades e resultados esperados / atingidos

 O “CASA – Ceramic Alternative Strong Article” é um projeto de investigação e desenvolvimento promovido pela Vista Alegre Atlantis, SA (VAA) e pela Mota II Soluções Cerâmicas, S.A. (MSC).

Os promotores pretendem desenvolver um novo produto cerâmico, com características visuais muito semelhantes às da faiança tradicional, mas simultaneamente com características técnicas significativamente melhoradas. Para tal, o novo produto terá como base uma nova formulação de pasta em grés, com elevada resistência mecânica e baixa porosidade, que será corada e recoberta com um vidrado totalmente transparente, e sujeita a uma única operação de cozedura (monocozedura), diminuindo desta forma os consumos energéticos.

O produto deverá apresentar uma resistência mecânica elevada, baixa porosidade e menor espessura do que as peças de grés (cerca de 4-6 mm, semelhante à porcelana), conferindo ao produto maior durabilidade e facilitando o seu uso diário como artigo de tableware.

O projeto CASA tem assim como principal objetivo o desenvolvimento de novos produtos de louça de mesa, com elevada riqueza cromática, similar à exibida pela louça em faiança, mas com resistência mecânica suficiente para poder ser usada em condições de elevadas solicitações mecânicas e termomecânicas.


Designação do projeto | FLOWARE – Investigação e desenvolvimento de linha de produtos de Grés de Chama (flameware)

Código do projeto | POCI-01-0247-FEDER-017668

Objetivo principal | Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção | Centro

Entidade beneficiária | Grestel – Produtos Cerâmicos, S.A.; Mota II Soluções Cerâmicas, S.A.

 

Data   de aprovação | 18-10-2016

Data de início | 16-03-2016

Data de conclusão | 31-12-2018

Custo total elegível | 1.021.852,74 Euros

Apoio financeiro da União Europeia | 586.408,09 Euros, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional

 

Objetivos, atividades e resultados esperados / atingidos

 Com a realização do projeto FLOWARE, o consórcio proponente, formado pelas empresas Grestel e Mota II, pretende desenvolver duas pastas (plástica e barbotina) e três vidrados (transparente, opaco e mate), para com eles fabricar um produto capaz de suportar as tensões termomecânicas resultantes da ação direta da chama dos queimadores dos fogões domésticos e industriais.

Concretizando, pretende-se obter:

  • Duas pastas de grés (pasta plástica para contramoldagem e prensagem e barbotina para enchimento) com absorção de água ≤1%, MOR (3 pontos) maior do que 35 MPa, tenacidade à fratura KC≥1 MPam-1/2 e CET entre 20×10-7 K-1 e 30×10-7 K-1, no intervalo de temperatura 20 – 800ºC);
  • Três vidrados (transparente, opaco e mate), com CET entre 15×10-7 K-1 e 25×10-7 K-1, no mesmo intervalo de temperatura anterior, temperatura de amolecimento superior a 800ºC e tenacidade à fratura KIC≥0,75 MPam-1/2;
  • Nove produtos acabados em grés por monocozedura, correspondentes aos três métodos de conformação usados (prensagem, contramoldagem e enchimento) e aos três vidrados (opaco, transparente e mate), com a forma, a microestrutura e as propriedades mecânicas e térmicas mais adequadas, para suportar os choques térmicos resultantes da sua exposição à chama dos queimadores dos fogões domésticos e industriais a gás.
  • Três produtos finais, a eleger entre os nove anteriores (1 pasta + 1 método de conformação e 3 vidrados), aptos a serem produzidos e comercializados pela Grestel numa fase posterior à realização do projeto, em conformidade com os requisitos estabelecidos pelo projeto para a louça Flameproof.